Projeto “Caminhos do Engenheiro Agrônomo”.

Projeto “Caminhos do Engenheiro Agrônomo”.

Para finalizar o Projeto caminhos do Engenheiro Agrônomo, que objetivou a orientação dos novos profissionais e iniciantes da graduação é com muito prazer que nós do grupo Pet Agroflorestal apresentamos nossa convidada Marina Chiquito Nanzer.

Marina Chiquito Nanzer, 26 anos é formada em Engenharia Agronômica pela UEMS -Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul – Unidade Cassilândia, no período de 2013 a 2017.

          Quando nós a questionamos sobre as atividades, empresas, estágios e cursos que mais a motivaram e a levaram a escolher sua carreira e a área de atuação que se encontra hoje, está nos descreveu alguns trabalhos que realizou que tiveram forte influência nesta escolha.

  • Semana Agronômica de Cassilândia e V Semana de Pós-Graduação, Prêmio de mérito científico, 6° lugar, pelo trabalho “Índice de manejo de carbono em diferentes sistemas de uso de solo (2017).

 

  • Bolsista pelo Programa PIBIC: “Estoque de carbono orgânico total e fracionamento granulométrico da matéria orgânica em sistemas de uso do solo. ” Orientadora: Profª. Drª. Simone Cândido Ensinas.

 

  • Estagiária em Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Chapadão – 2017/2018 Estagiária no Laboratório de Diagnose de Doenças, Insetos, Plantas e Nematoides, Patologia e Germinação de Sementes. Principais atividades: Implantação, condução e execução de experimentos na área de Nematologia nas grandes culturas (soja, milho, algodão, feijão).

 

  • Kuhlmann Monitoramento Agrícola LTDA (Grupo Bureau Veritas) Função: Auditora – Contrato de Safra (2018). Principais atividades: Auditoria nos pontos de recebimento de soja para detecção de produtos transgênicos.

 

  • Grupo Roncador – Querência-MT Função: Auxiliar Técnica e Analista Técnica Período: janeiro 2019 até julho de 2020. Principais Atividades: Trabalho focado em operações à campo e planejamento (soja, milho, brachiaria).

 

  • GRUPO VITTIA. Função: Assistente de Desenvolvimento de Mercado Pleno. Período: novembro de 2020 até o momento. Atividades: Desenvolvimento de Mercado da Regional Centro Oeste II (MS inteiro e Sudoeste Goiano)

 

            Marina já atuou em outras áreas porem hoje atua como Assistente de Desenvolvimento de Mercado Pleno. Onde começou em novembro de 2020 até o momento. As atividades que desenvolve no geral são:  Desenvolvimento de Mercado da Regional Centro Oeste II (MS inteiro e Sudoeste Goiano).

Em relação as especializações que são necessárias para atuar nesta área que Marina atua hoje, ela nos respondeu que foi necessário a realização de alguns cursos profissionalizantes como:

  • Curso NR31.8 com carga horário de 24 horas em Agosto de 2019 – Ministrado por Senar – MT
  • Brigadista de emergência- Composição de brigada tipo II com carga horária de 52 horas em julho de 2019- Ministrado por Alfa Engenharia e Treinamentos.
  • Curso de Tecnologia de aplicação e adjuvantes realizado em setembro de 2019- Ministrado por Grupo Vittia.

 

            Quando nós perguntamos a ela sobre as atividades mais específicas que desenvolve como Assistente de Desenvolvimento de Mercado Pleno, pelo Grupo VITTIA, ela nos respondeu que, sua função abrange a dar suporte à toda equipe que atua na Regional Centro Oeste II, totalizando AEV´s, RTV’s, e Dep. Agronômico; ou seja, interliga a regional. O trabalho envolve o Desenvolvimento de cada região, ou seja, envolve estratégias, de maneira consultiva e está diretamente ligado ao Marketing.

            Em seu dia-a-dia Marina atende à equipe da regional como um todo, distribuições (revendas e cooperativas), clientes diretos, consultorias e instituições de pesquisa nas diversas culturas do MS e sudoeste Goiano.

            O conselho que nossa convidada deixa para aqueles profissionais e acadêmicos que pretendem trabalhar nesta área é:

Dedicação total à faculdade! Meu conselho é que a pessoa comece a entender seus pontos fortes e trabalhar os pontos fracos e a área que mais se familiariza (técnica, comercial, acadêmica, etc). Baseada em minha trajetória, minha experiência com fazenda me deu uma bagagem muito boa para ingressar no mundo coorporativo (comercial). Além disso, avalio que o desenvolvimento da comunicação é de extrema importância na gama de atuação do engenheiro agrônomo. ”

 Terminando com uma citação de o pequeno príncipe:

“O verdadeiro homem mede a sua força quando se defronta com o obstáculo.”

Nós do Pet Agroflorestal agradecemos e esperamos a Marina e os demais entrevistados pela participação no “Caminhos”, que esperamos ter ajudado muito pelas experiências de vida e trabalho rotineiro que compartilharam conosco e com os acadêmicos que estavam indecisos a qual carreira escolher.

Gabriel Devolio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.