CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SOLO E DESEMPENHO AGRONÔMICO DE SOJA INFLUENCIADAS POR PLANTAS DE COBERTURAS E DOSES DE CALCÁRIO

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SOLO E DESEMPENHO AGRONÔMICO DE SOJA INFLUENCIADAS POR PLANTAS DE COBERTURAS E DOSES DE CALCÁRIO

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SOLO E DESEMPENHO AGRONÔMICO DE SOJA INFLUENCIADAS POR PLANTAS DE COBERTURAS E DOSES DE CALCÁRIO

 

Atualmente a principal cultura cultivada no Brasil é a soja (Glycine max (L.) Merril). Segundo dados da Conab (2017), o país teve na safra 2016/2017 uma produção de 100 milhões de toneladas, além de ser o segundo produtor mundial de soja, com média de 3,5 toneladas (t) por hectares(ha). Atualmente 33,17 milhões de ha são cultivados com soja, sendo que 32 milhões de ha está em sistema de semeadura direta (SSD).

É essencial a busca por um sistema de cultivo, para a agricultura moderna, que melhore a estrutura do solo, causando menor impacto ambiental ao longo dos anos (De Villa et al., 2017). Para isso, deve-se adotar um sistema de cultivo que contribua para melhoria da qualidade física e química do solo, aumentando a produtividade das culturas e reduzindo o custo de produção (Melo et al., 2007).

O objetivo deste trabalho será avaliar as alterações dos atributos físicos do solo, componentes de produção e produtividade de quatro cultivares de soja influenciada pelo efeito residual de diferentes plantas de cobertura associadas à aplicação de doses de calcário em sistema de semeadura direta na região do Cerrado.

Cassiano Garcia Roque

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.