Caminhos do Engenheiro Florestal

Caminhos do Engenheiro Florestal

Essa serie de postagens visa mostrar a versatilidade do bacharel em Engenharia Florestal.

Se você ingressou em um curso de Engenharia Florestal, com toda certeza você já deve ter ouvido “o que faz um engenheiro florestal?” “o que é engenharia florestal?” “o que você vai fazer quando se formar?”. Diferentemente de outros cursos, engenharia florestal não é tão conhecido e popular quanto as outras engenharias. A maioria das pessoas associam, de forma automática, ao simples “plantar árvores”, porém esse curso vai muito além e se mostra um dos mais versáteis que existe quando se trata de uma engenharia.

fonte: Central Florestal

Ser engenheiro florestal é muito mais que plantar e cuidar de árvores, é aquele que estuda e administra parques e reservas florestais, gerência processos de exploração que preserve os recursos naturais e recupera áreas degradadas. Realiza atividades em educação ambiental e ecoturismo, incentiva as ações de preservação da biodiversidade da fauna e da flora. Elabora e promove projetos de reflorestamento das espécies arbóreas para aumentar sua produtividade. Pesquisa sementes e o melhoramento genético da vegetal. Atua em industrias de papel e celulose, florestas plantas para fins energéticos, mercado de carbono, arborização e paisagismo urbano.

A área florestal é uma das que mais cresce no Brasil, tendo cerca de 7,6 milhões de hectares plantadas, segundo o IBA(2019), e o setor que mais procura por engenheiros florestais. Outra área que disponibiliza muitas vagas é o IFN, Inventario Florestal Nacional, um projeto que visa inventariar e monitorar todas as florestas do pais. A parte de reflorestamento,  recuperação de áreas degradas e licenciamento ambiental tem sido outra porta de entrada do mercado de trabalho. Além de amplo, falta profissionais especializados no mercado.

fonte:UNIPAMPA

Passa a maior parte do tempo em campo, então gostar de estar junto da natureza é uma característica importante para o engenheiro florestal. A maioria dos trabalhos com reflorestamento estão localizados em cidades do interior. Por isso, os profissionais que optarem por esta área de atuação devem gostar de morar em cidades mais afastadas, e ter a capacidade de se adaptar às adversidades decorrentes da profissão.

Ao decorrer das próximas semanas vamos abordar temas referentes as áreas de atuação de um engenheiro florestal, como silvicultura, manejo florestal, aprestando os principais pontos de cada área, de forma leve e objetiva para você que já ingressou e ainda não sabe o que quer fazer e para você ainda está pensando no que quer fazer.

fonte: CREA-TO

Fonte: Catho, Guia da carreira, Central florestal, IBA

Fonte: Eng Florestal no Amazonas

Loayne Carvalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.