photoshop cs3 portable kuyhaa - photoshop cs3 portable kuyhaa virtual via microsoft teams - virtual via microsoft teams teams free download for windows 7 photoshop cc 2022 free download - photoshop cc 2022 free download microsoft teams download windows 7 32 bit sharepoint download teams recording - sharepoint download teams recording anydesk remote download for pc - anydesk remote download for pc

Algodão: safra deve ser recorde, mas aumento nas exportações pode causar escassez no mercado interno

Algodão: safra deve ser recorde, mas aumento nas exportações pode causar escassez no mercado interno

O Brasil é o segundo maior exportador de algodão do mundo e deve terminar a safra 2020/21 com um recorde de 2,3 milhões de toneladas. Segundo dados da Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea), somente nos 3 primeiros meses de 2021, foram embarcadas 731.400 mil toneladas, o melhor resultado da história. Com o ano-safra para terminar em junho, se as exportações de algodão continuarem nesse ritmo, pode haver escassez do produto no mercado interno.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Júlio Busato, em função da baixa rentabilidade da cultura de algodão no ano passado, foi reduzida em 17% a área de plantio, o que resultou em uma safra 20% menor do que ano passado.

Em relação às exportações, o presidente da associação diz: “esse ano nós não vemos uma possibilidade de faltar algodão para a indústria nacional porque ela está abastecida e comprando por tradings. A Bahia, na primeira quinzena de junho, já estará colhendo algodão, o que vai abastecer a indústria brasileira”.

No ciclo 2019/20, o país se consolidou como o segundo maior exportador global de algodão, atrás somente dos Estados Unidos, destaca a Anea. A China, maior importador mundial de algodão, segue como o principal destino das exportações brasileiras da fibra. Além do gigante asiático, Vietnã, Paquistão, Bangladesh, Turquia e Indonésia também figuram como os maiores compradores da pluma.

Fonte: Canal Rural

Patrick Henrique Rugiano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.